Vanja_90.jpg

Vanja Orico 

Um dos maiores destaques da cultura brasileira, no cenário nacional e internacional da moda, música e cinema, vai ganhar um cine documentário em comemoração aos seus 90 anos. Vanja Ourico, conhecida como a rainha do cangaço, foi a única brasileira a estrelar um filme de Federico Fellini, se destacando mundialmente no papel de uma ciganinha que cantava a música “Meu limão, meu limoeiro” em “Mulheres e Luzes”.  Com direção, roteiro e produção de Adolfo Rosenthal, filho da artista, o filme “Vanja Orico, ao arrepio do tempo” é baseado em memórias e escritos inéditos da artista, e relata a história da musa brasileira que, após Carmem Miranda, foi o maior ícone da cultura brasileira. A estreia é prevista para segundo semestre de 2020.

Alguns resultados